As perguntas mais frequentes sobre dermatite atópica canina respondidas

As perguntas mais frequentes sobre dermatite atópica canina respondidas

Conheça mais sobre a dermatite atópica canina e os questionamentos mais frequentes na rotina do Médico-Veterinário

A atopia é o segundo distúrbio cutâneo alérgico mais comum em cães, perdendo apenas para a dermatite alérgica à picada de pulgas. Devido ao elevado número de casos, às diversas associações da atopia com outras enfermidades e à problemática que envolve o diagnóstico e tratamento da dermatite atópica, esse é um tema que costuma gerar muitas dúvidas.

Para ajudar, seguem algumas das perguntas mais frequentes relacionada a essa enfermidade respondidas.

1. O que é dermatite atópica canina (DAC)?

A DAC é uma dermatopatia genética e inflamatória, em que o cão torna-se sensibilizado a antígenos ambientais mediante à formação de anticorpos IgE.

2. Quais são as raças mais predispostas?

Shar Pei, West Highland White Terrier, Scoth Terrier, Lhasa Apso, Shih Tzu, Fox Terrier de Pelo Duro, Dálmata, Pug, Setter Irlandês, Boston Terrier, Golden Retriever, Boxer, Setter Inglês, Labrador, Schnauzer Miniatura, Pastor Belga, Bulldogue Inglês, Pastor Alemão, Cocker Spaniel, Dachshund, Doberman e Poodle gigante estão entre as raças mais predispostas a apresentarem DAC.

3. Qual a idade mais comum de início das manifestações clínicas?

Geralmente, os animais começam a apresentar sinais clínicos dermatológicos entre 6 meses e 7 anos de idade. Contudo, em torno de 70% dos cães desenvolvem a enfermidade entre 1 e 3 anos.

4. A DAC é uma doença sazonal?

A maioria dos cães com DAC, em torno de 80%, manifesta os sinais clínicos em determinadas épocas do ano, fazendo com que a DAC tenha uma característica primordialmente sazonal.

Os outros 20% dos animais apresentam manifestações dermatológicas durante o ano todo, entretanto, nos meses mais quentes, esses sinais ficam mais agravados. Nesses casos a enfermidade tende a se tornar mais crônica.

5. Quais os sinais clínicos mais frequentes?

Certamente, o prurido é o sinal clínico mais comum e pode ser localizado (~60%) ou generalizado (~40%). Há outros sinais, como pústula e mácula. Hiperpigmentação, edema, liquenificação e alopecia também são frequentes.

Vale ressaltar que a otite externa e prurido no pavilhão auricular ocorrem em aproximadamente 86% dos cães com DAC.

6. O diagnóstico é uma etapa desafiadora para o clínico. Como ele deve ser realizado?

O diagnóstico definitivo da DAC normalmente não é concluído em apenas uma consulta. Após a identificação, a anamnese minuciosa, o exame clínico geral e completo associado ao exame dermatológico de raspado de pele e otológico, deve-se listar os diagnósticos diferenciais. Todos os diagnósticos diferenciais devem ser investigados para que seja estabelecido o diagnóstico definitivo. Em uma segunda etapa, pode-se fazer uso de anti-histamínicos e corticoides como triagem terapêutica.

Se o prurido não for sazonal, outras enfermidades devem ser investigadas, como por exemplo, hipersensibilidade alimentar ou dermatite por contato. Para distinguir entre elas, a dieta hipoalergênica entre 8 e 12 semanas deve ser recomendada (teste de eliminação). Caso não ocorra melhora após esse período, o diagnóstico definitivo é DAC.

7. Qual a abordagem nutricional mais adequada para o cão com DAC?

O cão com DAC deve receber um alimento coadjuvante ao tratamento, uma vez que esse alimento é composto por nutrientes que auxiliarão na melhora do quadro dermatológico.

Os alimentos da linha Skin Care Canine da ROYAL CANIN® fortalecem a barreira cutânea e, assim, auxiliam na proteção contra alérgenos, proteases bacterianas e ambientais, além de ajudarem a reduzir a produção de citocinas pela epiderme. O perfil nutricional da linha Skin Care Canine é composto por proteínas de altíssima assimilação e ácidos graxos EPA e DHA e ômega 6 (CLA), que possuem propriedades antiinflamatórias. Além disso, um complexo de vitaminas B, A, C e E, taurina, luteína, assim como minerais como zinco, ajudam no fortalecimento do sistema imune e atuam como antioxidantes, protegendo as células contra a ação dos radicais livres.

Os alimentos da linha Skin Care Canine possuem também uma combinação sinérgica de nicotinamida, ácido pantotênico, histidina, colina e inositol, que aumentam a síntese de ceramida pelos queratinócitos.

Vale ressaltar que o médico-veterinário é o melhor profissional para estipular o tratamento mais adequado da DAC.

A ROYAL CANIN® aind06a possui alimentos completos, secos e úmidos, que graças ao seu perfil nutricional ideal ajudam a manter uma pele e pelagem saudáveis. Além disso, a ROYAL CANIN® produz alimentos coadjuvantes também em ambas as versões, secas e úmidas, que são uma parte essencial do tratamento de cães e gatos com enfermidades dermatológicas. Aqui você encontra mais informações sobre os produtos Royal Canin®.

 

Referências bibliográficas

White, P. D. Atopia. in: Bichard, S. J.; Sherding, R. G. Manual saunders: clínica de pequenos animais. São Paulo: Roca, 1998. p. 343-351.

Hillier, A.; Griffin, C. E. The ACVD task force on canine atopic dermatitis (I): incidence and prevalence. Veterinary Immunology and Immunopathology, Amsterdam, v. 81, n. 3-4, p. 147-151, 2001.

Sousa, C. A.; Halliwell, R. E. W. The ACVD task force on canine atopic dermatitis (xI): the relationship between arthropod hypersensitivity and atopic dermatitis in the dog. Veterinary Immunology and Immunopathology, Amsterdam, v. 81, n. 3-4, p. 233-237, 2001.

Scott, D. W.; Miller, W. H.; Griffin, C. E. Small animal dermatology. 6.ed. Philadelphia: W. B. Sauders Company, 2001. p. 667-779.

Scott, D. W.; Miller, W. H. Antihistamines in the management of allergic pruritus in dogs and cats. The Journal of Small Animal Practice, Oxford, v. 40, n. 8, p. 359-364, 1999.

Griffin, C. E.; Deboer, D. J. The ACVD task force on canine atopic dermatitis (xIV): clinical manifestations of canine atopic dermatitis. Veterinary Immunology and Immunopathology, Amsterdam, v. 81, n. 3-4, p. 255-269, 2001.

Shipstone, M. Atopy – Much More Than Just Allergy? Disponível em: https://www.vin.com/apputil/content/defaultadv1.aspx?pId=11372&meta=generic&catId=35295&id=5709831&ind=66&objTypeID=17. Acessado em: 11/10/2020.