O que é proteína hidrolisada?

O que é proteína hidrolisada?

Proteínas hidrolisadas são os principais componentes de um alimento hipoalergênico. Confira neste artigo mais detalhes sobre as características e o processo de hidrólise proteica

A alergia alimentar, também chamada de hipersensibilidade alimentar ou dermatite trofoalérgica, é uma reação adversa ao alimento de base imunológica frequentemente presente na clínica de pequenos animais. Pacientes que desenvolvem hipersensibilidade requerem modificações dietéticas para impedir esta resposta imunológica anormal do organismo, contribuindo assim para seu bem-estar e qualidade de vida.

A resposta imunológica é induzida quando um alérgeno (geralmente proteína de alto peso molecular) se liga a duas moléculas de imunoglobulina IgE, que por sua vez, se ligam a receptores FcεRI localizados na superfície da membrana celular dos mastócitos, ativando a degranulação de substâncias como histamina, prostaglandinas, citocinas e enzimas (Figura A).

proteína hidrolisada
Figura A: Mastócito sensibilizado pela ligação dupla de imunoglobulinas IgE ligadas ao alérgeno, e, consequentemente, ativação da degranulação mastocitária.Fonte: CAVE, N.J. 2006.

Peso molecular e a hidrólise proteica

Para que este processo ocorra, a maioria dos estudos afirma ser necessário que as proteínas apresentem peso molecular de, no mínimo, 10 kDa, embora alguns autores sugiram que este valor possa ser menor. Os alérgenos proteicos mais comuns possuem peso molecular entre 15 e 40 kDa.

A clivagem de uma molécula de proteína por hidrólise enzimática em fragmentos de menor peso molecular (idealmente abaixo de 10 kDal) é o método mais confiável e eficaz para reduzir o potencial alergênico das proteínas alimentares em pacientes sensibilizados.

O objetivo da hidrólise proteica é o de romper a estrutura da proteína para remover quaisquer alérgenos existentes e epítopos alergênicos, evitando o reconhecimento imunológico por pacientes já sensibilizados à proteína intacta. Desta forma, evita-se a degranulação de mastócitos que ocorreria em resposta ao alérgeno (Figura B) e permite-se que o paciente alérgico ingira o alimento formulado com este tipo de proteína sem manifestar sinais clínicos da hipersensibilidade.

proteina hidrolisada
Figura B: Proteínas de baixo peso molecular (<10 kDal) se ligando a apenas uma molécula de IgE e impedindo a degranulação mastocitária.Fonte: CAVE, N.J. 2006.

A fabricação de alimentos para animais alérgicos

O peso molecular da proteína, embora de grande importância, não é o único critério a ser considerado. Durante o processo de fabricação, a ausência de contaminação cruzada com fontes proteicas empregadas na fabricação de outros tipos de alimentos deve ser garantida.

Entenda abaixo como funciona o ciclo de produção dos alimentos hipoalergênicos na versão seca.

Como é a produção de alimentos hipoalergênicos na Royal Canin

Os processos demonstrados acima garantem um produto final de altíssima qualidade, o qual exercerá efeitos visíveis no bem-estar dos animais que necessitam de tratamento coadjuvante específico. A ROYAL CANIN® possui em seu portfólio de soluções nutricionais uma linha completa de alimentos hipoalergênicos para gatos e cães, desenvolvidos com fórmulas completas e balanceadas, com proteínas vegetais 100% hidrolisadas e demais ingredientes rigorosamente selecionados para diminuir as manifestações alérgicas da hipersensibilidade alimentar. Os alimentos úmidos hipoalergênicos são importados de fábricas localizadas na Europa.

Estudos demonstraram melhora significativa da condição de pele em 100% dos cães diagnosticados com alergia alimentar e que receberam exclusivamente o alimento HYPOALLERGENIC® durante 12 semanas. O índice de satisfação dos tutores foi de 4,7 em uma escala de 5 pontos.

alimentos hipoalergênicos da Royal Canin

Conheça também a nova solução nutricional da ROYAL CANIN® para cães alérgicos: HYPOALLERGENIC MODERATE CALORIE CANINE®, formulada para cães alérgicos que apresentam tendência ao ganho de peso e/ou alterações no metabolismo de lipídeos.

A ROYAL CANIN® foi pioneira no lançamento de alimentos coadjuvantes para gatos e cães no Brasil, e se dedica há mais de cinco décadas a compreender o exato papel dos nutrientes na qualidade de vida dos pets, buscando oferecer mais saúde por meio da máxima precisão nutricional.

Acesse a Calculadora para Prescrições, nossa ferramenta exclusiva para facilitar a prescrição personalizada dos alimentos HYPOALLERGENIC da ROYAL CANIN® para seus pacientes!

Referências

CAVE, N.J. Hydrolyzed protein diets for dogs and cats. Vet Clin of North America Small Animal Practice, 2006.

ROUDEBUSH, P.; GUILFORD, W.; JACKSON, H. Adverse Reactions to Food. Small Animal Clinical Nutrition. p.609-635, 2010.

SALZO, P.S.; LARSSON, C.E. Hipersensibilidade em cães. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., v.61, n.3, p.598-605, 2009.