Qual a vantagem da castração para Gatos?

publicado em: 19/02/2020

Os felinos estão cada vez mais ganhando o coração de tutores. No Brasil, a criação de gato dentro de casa teve alta de 8,1% entre 2013 e 2018, contra os cães, que registraram o crescimento de 3,8% no mesmo período. Dentro deste contexto, a preocupação e a conscientização das necessidades e cuidados com o pet também aumentaram e uma das temáticas mais discutidas é sobre a castração. Afinal de contas, qual a vantagem da castração para os gatos?

 

Para o tutor, uma das principais vantagens é a redução das “fugas” em até 94%. Também observa-se a redução do comportamento no cio da fêmea e marcação de território e lutas entre gatos machos. Além disso, evita a reprodução de ninhadas indesejadas e abandono de animais.

 

Para o gato, a redução de acidentes, brigas e doenças infecto-contagiosas contraídas nas ruas por acidentes, traumatismos, intoxicações e maus tratos. Também elimina-se o risco de desenvolver tumores de ovários, útero e testículos e reduz as chances de tumor de mamas. Consequentemente, a longevidade do gato aumenta e a expectativa de vida quase dobra.

 

O procedimento cirúrgico é relativamente simples. Frequentemente é feito quando o animal é ainda filhote, mas também pode ser realizado na fase adulta. Devido às alterações hormonais, após a cirurgia ocorrem mudanças na rotina e nas necessidades dos gatos, como:

  • Diminuição em 30% na taxa metabólica basal (Root, 1996)

  • Diminuição em 50%, nas atividades físicas, principalmente noturna, em média (Belsito, 2009)

  • Diminuição em 33% das necessidades energéticas, em média (Belsito, 2009)

  • Aumento em 22% na ingestão de alimentos, em média (Fettman, 1997)

 

Para os gatos, os 3 primeiros meses pós castração é o período de maior ganho de peso, pois aumenta a sua ingestão voluntária de alimentos. Em gramas, um macho castrado tende a comer 26% a mais e a fêmea, 18%, se for oferecido alimento à vontade. Este dado, aliado com o fato de que o felino castrado fica menos ativo fisicamente e, consequentemente, gasta menos energia é uma das principais causas da obesidade em gatos castrados.

 

Mesmo assim, calculando na balança as vantagens com os pontos de atenção, os benefícios da castração ainda superam e, com a adequação de uma rotina estimulante e mudança no comportamento alimentar, o pet pode atravessar esse desafio com tranquilidade e saúde.

 

Pensando nisso, a ROYAL CANIN® desenvolveu uma linha completa para auxiliar o tutor nos cuidados dos gatos castrados em cada fase de sua vida, desde filhote até se tornar idoso. A linha Sterilised é a opção ideal para alimentação, pois sua fórmula desenvolvida contém nutrientes adequados e fibras específicas selecionadas para auxiliar na manutenção da massa magra, que contribuem para a sensação de saciedade e limitar o ganho de peso, além de dar suporte à saúde do trato urinário.

 

 

 

Referências:

Root, M.V., Johnston, S. D., Olson, P. N., The effect of prepubertal and postpubertal gonadectomy in dogs and cats. Vet Rec 152, p 502 - 504, 1996

 

Belsito K.R, Vester BM, Keel T, Graves TK, Swanson KS. Impact of ovariohysterectomy and food intake on body composition, physical activity, and adipose gene expression in cats. J Anim Sci,87:594-602,2009.

 

Fettman M.J, Stanton CA, Banks LL, Hamar DW, Johnson DE, Hegstad RL and Johnston S. Effects of neutering on bodyweight, metabolic rate and glucose tolerance of domestic cats.Res Vet Sci,Mar-Apr; 62(2): 131-6,1997.