A ciência por trás dos croquetes

publicado em: 28/08/2019

A ciência por trás dos croquetes

Croquetes são formulados e adaptados para atender às características únicas de cada cão.

Cada cão possui características e necessidades únicas, e a sua alimentação deve corresponder a cada uma delas. Auxiliando no controle de peso para raças grandes, como Golden e Labrador, oferecendo suporte a mastigação e a preensão de cães como o Shih Tzu e o Pug ou contribuindo para a beleza e saúde da pelagem do Yorkshire.

 

A importância do croquete adaptado

Além de nutrientes exatos e balanceados, o formato da mandíbula do cão deve ser levado em consideração no desenvolvimento do seu alimento. Por isso, os croquetes adaptados são formulados para atender as particularidades e necessidades específicas de cada porte, raça, sensibilidade ou estágio fisiológico.

 

Mandíbulas e estruturas faciais dos cães

O focinho encurtado do Shih Tzu e do Bulldog Francês são exemplos de mandíbulas braquicefálicas, enquanto o Golden Retriever e o Yorkshire Terrier são exemplos de mandíbulas mesocefálicas.

 

Algumas raças utilizam diferentes partes de sua língua para pegar os croquetes e, por isso, o formato e tamanho são tão importantes para facilitar a preensão do alimento.

 

Os cães filhotes precisam de alimentos com texturas adaptadas para facilitar o período de desmame e garantir a nutrição ideal na primeira fase de crescimento.

 

Cadastre-se e utilize o AppNutriVet para fazer a prescrição do alimento ideal para o seu paciente.

Clique aqui