PASSO A PASSO PARA A ABORDAGEM DE CÃES E GATOS COM DIARREIA CRÔNICA

publicado em: 14/11/2018

 

 

     JÖRG STEINER,
     DR. MED. VET. PHD, DIPL. ACVIM, DIPL. ECVIM-CA, AGAF

       Gastrointestinal Laboratory (Laboratório Gastrintestinal), Department of  
     Small Animal Clinical Sciences (Departamento de Clínica de Pequenos
     Animais), College of Veterinary Medicine and Biomedical Sciences
     (Faculdade de Medicina Veterinária e Biomedicina), Texas A&M
     University (Universidade A&M do Texas), Estados Unidos


 

    INTRODUÇÃO

 

A diarreia é um dos motivos mais comuns que levam cães e gatos ao veterinário. Os pacientes com diarreia aguda costumam necessitar de procedimentos diagnósticos limitados ou testes adicionais, porém a necessidade de cuidados de suporte é o quesito mais importante, dependendo da gravidade da condição e de quaisquer complicações sistêmicas, como desidratação, distúrbios eletrolíticos ou até anemia. Os pacientes com diarreia crônica representam um desafio diagnóstico muito maior. Isso se deve em parte ao fato de que uma ampla variedade de diagnósticos diferenciais precisa ser considerada nesses pacientes, assim, deve-se utilizar uma abordagem sistemática para se chegar ao diagnóstico e tratamento mais apropriados. Em geral, seis etapas devem ser adotadas.

 

  1. Obter o histórico e realizar o exame físico
  2. Descartar e tratar os endoparasitas
  3. Diferenciar as causas primárias e secundárias de diarreia crônica
  4. Caracterizar o processo patológico
  5. Proceder a ensaios terapêuticos (se não houver contraindicação)
  6. Efetuar a avaliação histopatológica de biopsias

 


CAUSAS PRINCIPAIS DE DIARREIA CRÔNICA
 

Essa tabela exibe as causas mais frequentes de diarreia crônica em cães e gatos.
 


DIETAS PARA AUXILIAR NO TRATAMENTO DA DIARREIA CRÔNICA


Tipos de dieta que podem ser eficazes para um ensaio alimentar (dietético) em cães e gatos com diarreia crônica: