Demodicose cati - manifestação da doença em gatos

publicado em: 25/09/2017

Em gatos, o Demodex cati é raro. Os sinais são vistos com mais frequência na região periocular, cabeça, pescoço e pálpebras, e o problema se apresenta como uma alopecia prurítica variável e com manchas, com descamação e formação de crostas. Ele também pode estar presente como uma otite externa serosa. As lesões localizadas podem se curar sozinhas, principalmente se uma causa subjacente puder ser identificada e tratada. Gatos das raças Siamês e Burmês podem apresentar predisposição à forma generalizada, emboraisso geralmente esteja associadocom uma doença subjacente significativa, como diabetes, hiperadrenocorticismo, FIV ou FeLV. A infestação por D. cati foi identificada em lesões de carcinoma das células escamosas multicêntrico. O diagnóstico diferencial inclui dermatofitose (que pode ocorrer simultaneamente), pioderma bacteriano e doença cutânea alérgica, embora, de fato, todas as causas de seborreia e formação de crostas em gatos devam ser consideradas.

 

A dermatite por Demodex gatoi é uma doença cutânea prurítica geralmente vista em gatos jovens e de pelo curto, com alopecia e pelos quebradiços, eritema, descamação, escoriações e formação de crostas, principalmente na cabeça, pescoço, cotovelos e/ou flancos, no ventre e nos membros traseiros. Pode ocorrer hiperpigmentação e a doença pode ser simétrica. Essa forma de Demodex é contagiosa para outros gatos na residência. Observe que esse parasita parece ser regional - diagnostiquei somente três casos, portanto, o histórico do caso pode ser sugestivo. Verifique se o animal viveu em uma região geográfica com incidência do ácaro (p.ex.: sul dos EUA) e/ou se há histórico de contágio. Também pode haver uma associação com doença cutânea alérgica, embora o motivo da relação ainda seja incerto.

 

A bateria de exames em gatos para identificar demodicose generalizada é semelhante a realizada em cães, com atenção especial para a possibilidade de doença induzida por esteroide. Deve-se realizar perfis hematológicos e bioquímicos para avaliar diabetes e FIV/FeLV.

 

Demodex no gato

O Demodex cati é semelhante ao D. canis - o ácaro adulto tem comprimento de cerca de 200µm. Os ovos têm formato mais ovalado do que as de D. canis. Ao contrário do que ocorre com os cães, foi comprovado que o D. cati e o D. gatoi são espécies distintas.

 

Para saber mais sobre diagnóstico e tratamento da Demodicose, acesse o artigo anterior sobre o assunto aqui